+55 11 3385-9339 sac@cnph.com.br EnglishPortuguês
Expedicionarios Da Saude 2

35° EXPEDIÇÃO NA AMAZÔNIA: CNPH & EXPEDICIONÁRIOS DA SAÚDE

A 35° Expedição de atendimento clínico, cirúrgico e odontológico foi o resultado de grandes parcerias entre apoiadores e a equipe de Expedicionários da Saúde-EDS.

Claro que a CNPH não poderia ficar de fora deste projeto incrível e MAIS uma grande CONQUISTA!

Entre os dias 08 e 17 de Julho de 2016, o programa atendeu à população indígena de Sateré Mawé e Hixkaryana, levando às aldeias um suporte médico-hospitalar e um atendimento de excelência, e solidariedade.

Confira as principais ações realizadas durante a Expedição:

A equipe de Expedicionários da Saúde-EDS destacou o Programa Operando na Amazônia para atender às demandas cirúrgicas de 121 aldeias, prestando assistência a uma população estimada em 15 mil indígenas de duas etnias: Sateré Mawé e Hixkaryana.

Todo o Complexo Hospitalar foi integrado à Escola Indígena de São Pedro, localizada às margens do Rio Andirá – AM.

Foram contemplados quatro Municípios ao todo: Parintins, Barreirinha, Maués e Nhamundá.

Para facilitar a logística de transporte fluvial da região e diminuir a complexidade do deslocamento dos pacientes, uma equipe de médicos da EDS visitou as aldeias mais distantes 5 dias antes da Expedição.

O atendimento prévio visava confirmar triagem realizada pelos profissionais de saúde do DSEI (Distrito Sanitário Especial Indígena), evitando, assim, o deslocamento de pacientes que não tinham indicação cirúrgica, reduzindo os custos de locomoção e estresse durante a viagem destes.

A grande novidade e diferencial da 35° Expedição de Expedicionários da Saúde

A 35° Expedição realizada pela equipe de Expedicionários da Saúde-EDS trouxe um grande diferencial, destacando a importância dos cuidados com os olhos da população indígena da região.

Uma pequena fábrica de óculos foi montada durante a expedição em parceria com a ONG Renovatio.

Foram realizados exames oftalmológicos por médicos especialista da EDS e doados o total de 314 óculos.

A proposta atendeu a uma demanda reprimida e necessária, que até então não havia sido contemplada.

Os resultados da 35° Expedição do Programa Operando na Amazônia demonstraram a importância dos cuidados médicos-hospitalares à população indígena das regiões mais afastadas, e das parcerias estabelecidas entre o Ministério da Saúde (SESAI-DSEI), Ministério da Defesa (FAB-Exercito), Ministério da Justiça (FUNAI), e também do apoio e patrocínio de empresas, pessoas físicas e instituições socialmente responsáveis, permitindo assim o fortalecimento do projeto para obter bons resultados.

Durante a 35° Expedição na Amazônia, foram realizadas 284 cirurgias, 1.827 consultas médicas e odontológicas e 4.990 exames e procedimentos.

Acesse aqui o quadro descritivo das especialidades

“Há muito ainda a ser feito e estamos certos de podermos continuar contando com o apoio da CNPH, para que possamos dar continuidade ao ‘Projeto de Levar Saúde e Qualidade de Vida’ para a população indígena da Amazônia Legal Brasileira”.

Clique aqui e confira as fotos da 35° Expedição Amazônia

Deixe seu comentário sobre este artigo, pois sua opinião é muito importante. Compartilhe também com seus amigos em suas redes sociais.

Até breve! ????

CNPH

Presente no segmento médico-hospitalar desde 1994, a CNPH oferece a seus clientes produtos e serviços de alta performance, tecnologia, inovação e conceito, tendo como objetivo o auxílio de profissionais de diversas áreas da saúde, na escolha de produtos e equipamentos necessários para o atendimento do paciente com total segurança.

Esta postagem tem 2 comentários
  1. Assisti por acaso é fiquei muito emocionada. Trabalho com jovens e famílias de comunidades do RJ e tudo isso me toca demais. Cada olhar, cada corpo, cada sinal de esperança. Gostaria de poder fazer um contato com vocês. Não sei se estou enganada mas havia nessa missão um médico chamado Ricardo “Balé”? Como sou bailarina, me chamou atenção. Aguardo resposta.
    PARABENS! #VivaAVida

    1. Olá Rita, agradecemos seu comentário e interesse em saber mais sobre o projeto Expedicionários da Saúde. A CNPH é parceira do projeto e contribui todos os anos em missões pelo Brasil, por esse motivo, indicamos que consulte os Expedicionários sobre a participação do Dr. Ricardo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar