+55 11 3385-9339 sac@cnph.com.br EN PT
Gerenciamento Em Enfermagem2

CONHEÇA AS 4 FUNÇÕES DE DESENVOLVIMENTO DO GERENCIAMENTO EM ENFERMAGEM

O desenvolvimento e capacitação profissional, em especial, na área de saúde, principalmente para o gerenciamento em enfermagem, tem sido exigido pelas instituições, de maneira a assegurar o papel e compromisso com a sociedade que aspira por qualidade na prestação da assistência à saúde.

Contexto que deve-se situar novas perspectivas da enfermagem e do trabalho gerencial, com a ênfase na necessidade de reconstrução dos modelos de gestão, novas abordagens gerenciais como a gerência participativa, a descentralização das decisões e aproximação de todos os elementos da equipe de trabalho, oferecendo aos mesmos, oportunidades de participarem efetivamente da discussão e aperfeiçoamento constantes do processo de trabalho.

O profissional de saúde precisa estar apto para exercer as funções de gerenciamento, argumentar e concretizar mudanças, fazer negociações, solucionar conflitos e ser um líder, atendendo as necessidades organizacionais e estruturais da instituição que exerce essa função.

A seguir você vai conhecer as 4 funções de desenvolvimento do gerenciamento em enfermagem, acompanhe!

gerenciamento em enfermagem

Entenda como funciona o gerenciamento em enfermagem

O processo de coordenação visa o investimento em capacitação profissional para o bom desempenho e desenvolvimento do enfermeiro, cujo qual ampliará sua área de conhecimento, agregando benefícios e melhorias para toda a equipe, servindo de exemplo que refletirá na qualidade da assistência prestada ao paciente.

Para que este processo funcione corretamente, você deve entender as 4 funções do gerenciamento em enfermagem, veja:

1. Planejamento

Esta é a primeira etapa que define de maneira clara os objetivos da instituição, guiando-se pela política da organização, estabelecendo prioridades para formular o plano de ação de acordo com os recursos disponíveis, desenvolvendo de forma estruturada uma lógica de atividades para atingir os objetivos propostos para o gerenciamento em enfermagem.

O planejamento pode ser dividido em 3, podendo ser:

Planejamento Estratégico

Foco na organização como um todo, com implementação a longo prazo visando objetivos gerais e plenos genéricos. Deve ser feito pela alta administração.

Planejamento Tático

Foco na unidade ou departamento, com orientação a médio prazo e com definição das principais ações a serem realizadas. Deve ser feito pela administração intermediária.

Planejamento Operacional

Foco nas atividades do dia-a-dia, com orientação a curto prazo e com definição de procedimentos ou processos específicos. Deve ser feito pela administração direta (supervisores).

2. Organização

A organização visa a distribuição de atividades e recursos pelos departamentos e colaboradores, agrupando-as em uma estrutura destinada a utilizar os recursos disponíveis para determinar como será feito, podendo ser estruturado em organogramas, fluxogramas e manuais.

enfermagem

3. Liderança

A liderança conduzirá, orientará e trará motivação para os profissionais, com a coordenação e o gerenciamento de conflitos e mudanças.

Podendo ser trabalhada em 2 formas:

Liderança Democrática

O enfermeiro discute com o grupo as estratégias para atingir os objetivos, incentivando a participação nas tomadas de decisões, delegando autoridades e avaliando o desempenho da equipe.

Liderança Situacional

O enfermeiro adapta o tipo de liderança de acordo com o perfil do colaborador, trabalhando o melhor que ele consegue apresentar, isso requer flexibilidade, adaptação na forma de se comunicar, inteligência emocional e vivência profissional, dando ênfase no relacionamento interpessoal.

4. Controle

O controle possui a função de mensurar o desempenho das estratégias propostas, ele pode ser feito através do controle financeiro, sistemas de informação gerencial, auditoria, entre outros meios que apresentarão resultados das ações feitas até o momento de análise, permitindo a adequação ou alteração da estratégia.

Dentro de cada tópico existe uma etapa a ser seguida e um período de implementação até a mensuração dos resultados. Por isso, é fundamental a capacitação dos profissionais para adotarem os modelos de gestão pautados na excelência do atendimento aos pacientes.

Para tornar todo esse processo ainda mais eficiente, você deve contar com a ajuda de profissionais que prezam pela capacitação profissional na área da saúde e que sejam capazes de determinar as melhores ações para ajudar no gerenciamento em enfermagem. Cadastre o seu e-mail aqui no blog e receba, em primeira mão, nossos artigos com diversas informações sobre a área da saúde. Aproveite, também, e baixe agora o infográfico gratuito sobre Qualidade na Assistência ao Paciente.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos ou mande novas sugestões para a CNPH, pois ficaremos felizes em escrever novos conteúdos relacionados à área da saúde para você.

Siga-nos nas redes sociais. 🙂

CNPH

Presente no segmento médico-hospitalar desde 1994, a CNPH oferece a seus clientes produtos e serviços de alta performance, tecnologia, inovação e conceito, tendo como objetivo o auxílio de profissionais de diversas áreas da saúde, na escolha de produtos e equipamentos necessários para o atendimento do paciente com total segurança.

Esta postagem tem 4 comentários
  1. Gostei muito da matéria, cada vez mais a gestão em saúde vem aparecendo e nela as dificuldades em se planejar e liderar equipes. Gostaria que você falasse de gestão focado no serviço público que é um grande desafio de quem sai do privado para líder equipe de serviço público. Mas parabéns!

    1. Olá Magali, ficamos contentes com sua colocação.
      Nossa intenção é contribuir com conhecimento e ferramentas úteis para que essas dificuldades sejam diminuídas.
      Levaremos em conta sua sugestão e em breve publicaremos um artigo sobre o tema.
      Continue acompanhando, existem conteúdos incríveis pela frente!
      Abraços.

Deixe uma resposta

Buscar